Bem vindos ao meu blog!

Bem vindos ao meu blog!

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Derivados do leite de ovelhas

É uma enorme variedade de laticínios elaborados à base do leite de ovelha.
No Brasil não é muito comum a produção desses alimentos, embora no estado do Rio Grande do Sul tenham produtores especializados na ovinocultura de leite, destinada também a fabricação de queijos, iogurtes e até mesmo doces.
A França e a Itália se destacam como grandes produtoras de leite e queijos de ovelhas, que compoem a refinada gastronomia desses dois países.
Na cidade de Roquefort, na França, há grandes rebanhos de ovelhas da raça Lacaune, que produzem leite o ano inteiro destinado especialmente para a produção do queijo roquefort, famoso nas mesas francesas e do mundo todo.
No Brasil, a procura do leite e queijo de ovelhas é menor, pois muitos ainda estão "presos" ao tradicional leite bovino. Mas há aqueles que apreciam o leite de ovelha e derivados, que por sinal possuem um alto teor nutritivo e quantidades significativas de gordura.
O leite de ovelha já pode ser encontrado também na versão desnatado, para aqueles que se preocupam com a saúde e com uma dieta equilibrada.
No Brasil temos a Casa da ovelha, que produz uma grande variedade de queijos pecorinos, tipo feta, iogurtes de ovelha com polpa de frutas, doces de leite tradicional e light, entre outros.
Encontrei em alguns sites de busca, sites franceses de leites,queijos e iogurtes à base do leite de ovelhas. E notei que é grande a variedade desses laticínios nesse país.
Abaixo as imagens, que chegam a dar água na boca até daqueles que torcem o nariz ao ouvir falar em leite de ovelhas,hehe...
Ovelhas francesas da raça Lacaune: maiores produtoras de leite

sobremesa láctea de chocolate feita com leite de ovelhas

doce de leite de ovelhas sabor chocolate


queijo de ovelhas fermentado


queijo de ovelha defumado



iogurte natural de ovelhas


queijo cremoso de leite de ovelhas




Leite de ovelhas (em pó)


doce de leite cremoso de ovelha



iogurte de ovelhas com polpa de frutas




queijo tipo feta



queijo pecorino




queijo roquefort



leite de ovelha longa vida
imagens: Google france
texto: Lily Ribeiro



domingo, 1 de fevereiro de 2009

Et surtout ne m´oublie pas (Crazy Horse)

Estou postando hoje uma música que amo muuuuito...
Et surtout ne m´oublie pas, de uma banda francesa da década de 70 "Crazy Horse".
Embora seja antiga, a música é maravilhosa.
O vídeo foi pego do site YOU TUBE , não é muito boa a apresentação dos slides, pois as fotos são de baixa resolução e bem idiotas, mas vale pela música e a tradução "quase" completa, rss...
Um dia farei uma apresentação de slides dessa música com fotos do meu gosto,rss...




video

SUÍÇA



A Suíça, oficialmente Confederação Suíça[6] é um Estado confederado localizado no centro da Europa. Possui uma área de 41 285 km², dos quais 1 740 são cobertos por lagos e rios e 8 787 por áreas improdutivas como montanhas.
O país faz fronteira a Norte com a Alemanha, a Leste com a Áustria e o Liechtenstein, a Sul com a Itália e a Oeste com a França. A Suíça conta com 7,581,520 [7] de habitantes resultando numa densidade populacional de 188 habitantes por quilómetro quadrado. A capital administrativa é Berna. Outras cidades importantes são Zurique, Genebra, Lausana e Basileia.
A Suíça é uma das economias mais ricas do mundo[8], e é sede de inúmeros bancos privados e de organizações internacionais.[9] A sua história é marcada pela sua neutralidade política perante as outras nações e representa um marco de liberdade e de democracia para o mundo inteiro.[10]
A cultura do país é sobretudo marcada pela diversidade linguística mas bem divididas entre elas apesar das características do povo suíço serem mais homogéneas. Trata-se de uma população activa quer nível desportivo quer a nível cultural e político.[
A Suíça é um país localizado no centro da Europa de coordenadas 47,00 N e 8,00 E. A sua área total é de 41.293 km² em que 1.520 são cobertos de água. De uma maneira geral, pode-se dividir a Suíça em três regiões geográficas: os Alpes, o planalto e o Jura. O Sul e o centro-Sul da Suíça são dominados pela cadeia montanhosa alpina enquanto que o restante é uma zona plana exceptuando-se um faixa ao longo da região Noroeste que é dominada pelo Jura.Dada a grande diferença de altitudes, que variam dos 195 metros até mais de 4000 metros, a Suíça apresenta uma grande diversidade de climas e dos respectivos animais e plantas. Na zona Sul, nomeadamente no cantão de Ticino, pode-se verificar um clima mediterrânico, enquanto que no topo das montanhas está sempre presente uma camada de neve. A grande discrepância de altitudes também permite constatar uma diversidade nos minerais.
Nos cantões mais a Sul (Valais e Ticino) podem-se encontrar eucaliptos e pinheiros. O tempo temperado permite a evolução de muitas plantas e também de zonas vinhateiras, entre outras espécies. À medida que aumenta a altitude, a densidade vegetacional diminui, pois o ar torna-se mais frio, dificultando a evolução de espécies. Os glaciares formam a paisagem a altas altitudes. A Suíça é um dos países com mais glaciares por área.
Em relação à fauna, os ursos e os lobos estiveram extintos durante um século. Porém, o lobo reapareceu no território nas útlimas décadas proenindo da Itália. O íbex, o chamois e a marmota são espécies muito frequentes nos Alpes, bem como uma grande quantidade de espécies voadoras em todo o território, como pombos, corvos e gaivotasO clima na Suíça é temperado apresentando uma grande amplitude entre verões amenos e Invernos rigorosos. Abaixo da cordilheira dos Alpes, o tempo é mais quente do que no Norte. Em termos climáticos pode-se dividir a Suíça em quatro regiões: extremo Sul, os Alpes, o maciço central e o Jura.[42][43]. As temperatura variam entre temperaturas negativas nas zonas montanhosas e no Inverno e temperaturas amenas durante o Verão pois na época do Estio, o país é enfrentado por um anticiclone enquanto que no Inverno, existe uma frente fria proveniente da Sibéria causando abruptas quedas na temperatura, sobretudo na noite.
A gastronomia típica helvética é claramente feita à base de leite. Os suíços, juntamente com os franceses, produzem queijo para a raclette que é derretida e servida com batatas cozidas e pickles. Além do queijo, o chocolate também é muito famoso no país e além mundo. A empresa Nestlé, sediada em Vevey (Vaud), produz chocolate suíço para ser comercializado em todo o Mundo. Na parte alemã é comum encontrar o rösti que é feito de batatas finas fritas misturadas com manteiga podendo juntar bacon, cebolas, entre outros ingredientes. Também é comum encontrar pratos feitos a partir de castanhas sobretudo nas zonas montanhosas (Valais e Tessino).
Os vinhos suíços não são muito famosos no Mundo pois a produção vinhateira na Suíça é muito reduzida apesar da tecnologia usada no processo de obtenção. A cidra de maçã, o absinto de Jura e a Rivella são outras bebidas famosas.
Tortas e quiches também são tradicionalmente encontrados na Suíça. Em particular, as tortas são feitas de todos os modos, desde maçã à cebola. Outro prato típico são os cervelats, linguiça suíça feita especialmente no país e no sul da Alemanha. Na Suíça, a culinária é influenciada pelas outras culturas adjacentes como a francesa, alemã e italiana.


fonte: Wikipedia